Overwatch

Bastidores do modo Caçador de Recompensas

Bastidores do modo Caçador de Recompensas

Chamando todos os fora da lei, párias e maus elementos, há um prêmio pela cabeça de vocês, e chegou a hora de irem buscar. O mais novo modo do Arcade de Overwatch chegou junto com o Ano Novo Lunar e veio para ficar. Prove que é o competidor mais feroz do combate caçando, ganhando pontos e chegando ao topo da tabela. Quem vai vencer e usar a coroa de maioral?

O designer de jogo sênior Michael Liaw, um dos responsáveis pela destruição sanguinária do modo Caçador de Recompensas, fala sobre iterações, colaborações e como conquistar pontos acumulando eliminações.


Liaw, um designer de jogo sênior da equipe de ecologia, começou sua carreira na indústria procurando bugs para os designers corrigirem no controle de qualidade. Agora, ele passa a maior parte dos dias ajustando a multidão de inimigos que os jogadores enfrentarão em Overwatch 2.

“Eu fui para a faculdade estudar programação e esperava encontrar uma forma de entrar na indústria dos jogos, mas não sabia como”, diz Liaw. “Depois do primeiro ano de curso, me candidatei para uma vaga de controle de qualidade na BioWare e cheguei até a fase de entrevistas. Eu fui supernervoso para a entrevista, todo formal, e encontrei um monte de desenvolvedores relaxados e descontraídos querendo saber mais sobre meus talentos para solução de problemas e se eu seria uma boa opção para a empresa. No fim das contas, eu era. Trabalhei no controle de qualidade de alguns títulos e depois me tornei designer de jogos.”

Depois que um amigo o avisou de uma vaga em Overwatch, Liaw, fã de longa data com muitas horas acumuladas em diversos jogos da Blizzard, entrou para a equipe sem pensar duas vezes. “Quanto mais eu sabia sobre as pessoas que trabalhavam aqui, a vida na Blizzard e a humildade do pessoal, mais ansioso eu ficava para entrar para a equipe.”

A primeira contenda em que Liaw trabalhou foi o modo Caçador de Recompensas. Ela traz algo novo para Overwatch, uma partida de Combate até a Morte todos contra todos acirrada em que os jogadores podem coletar recompensas e caçar alvos para conquistar pontos. Foi um projeto desafiador no começo, mas ele pegou o jeito com a ajuda dos colegas de equipe. “Eu nunca tinha feito um modo de jogo assim”, compartilha Liaw. “Passei a maior parte da minha carreira projetando inimigos e inteligências artificiais, então isso foi algo bem distante da minha zona de conforto. Mas essa é a melhor parte de trabalhar com essa equipe: ela dá a maior força quando você quer tentar coisas novas e ajuda a alcançar objetivos.”

 

Começo abundante

O modo Caçador de Recompensa tem como inspiração o evento de Ano Novo Lunar, em que o Capture a Bandeira se tornou um marco anual de diversão para os jogadores. “Esse modo de jogo começou como uma versão de todos contra todos do Capture a Bandeira”, lembra Michael Heiberg, um dos principais designers de jogo da equipe de Overwatch e o responsável pela origem do modo Caçador de Recompensa. “Eu adoro nossos modos de Capture a Bandeira, principalmente o Blitz, mas eu queria saber se havia uma forma de torná-lo mais interessante e divertido para os jogadores que quisessem uma experiência solo e mais casual. Então, nós testamos uma versão em que o alvo carregava uma bandeira e o objetivo era os caçadores o matarem para roubá-la. Depois de alguns testes, nós eliminamos a bandeira, porque dava a entender que os jogadores precisavam deixá-la em algum lugar.”

Depois, Heiberg passou as rédeas para Liaw. A equipe começou o processo de iteração e criou um protótipo simples que veio a se tornar o Caçador de Recompensas. No começo, era um modo modificado de Combate até a Morte de oito jogadores em que todos podiam ver a silhueta do alvo, agora sem a bandeira, através das paredes do mapa, o que permitia que os caçadores o perseguissem e eliminassem. "Era muito divertido e absurdamente caótico", diz Liaw. “Mas você não ficava muito tempo vivo se fosse o alvo. Então decidimos fazer mais iterações e pensar em formas de utilizar o tema do caçador de recompensas no modo de jogo.”

Ele avaliou várias ideias conforme o desenvolvimento continuava: como os jogadores ganhariam recompensas? O que receberiam ao executar um alvo? E se o valor da recompensa aumentasse com o tempo, fazendo com que os caçadores passassem mais tempo à espreita antes de atacar? Apesar da loucura sanguinária ser interessante desde o início para os caçadores, quem estava na outra posição não se divertia tanto.

Liaw refletiu sobre como os jogadores seriam recompensados por serem os alvos. A situação precisava parecer importante, como se a presa tivesse uma chance de revidar contra um bando de predadores prontos para atacar.

“Jeff Kaplan pensou em dar um medidor de habilidade suprema cheio para os alvos. E eu pensei: ‘É, isso pode ser bem legal. O que será que os jogadores vão achar?’”, lembra. “No fim das contas, é muito divertido ter uma habilidade suprema garantida.”

Nas partidas de teste, o momento em que os jogadores recebiam a habilidade suprema ao se tornar o alvo era “uma completa maravilha”, lembra Liaw. A equipe gostou de analisar cada partida e tentar descobrir qual seria o meta formado e como neutralizá-lo. Conforme as iterações continuavam, tornar-se o alvo deixou de ser uma decisão assustadora e passou a ser um desafio mais interessante. “Eu gosto bastante do efeito sonoro de quando você se torna o alvo e faz eliminações nessa posição”, diz Liaw. “É muito gratificante, você fica querendo fazer mais e mais abates, e os efeitos visuais fazem você se sentir poderoso. É uma loucura quando todo mundo está lutando para se tornar o próximo alvo e tentando descobrir a melhor maneira de aproveitar a habilidade suprema.”

 

Como fazem os profissionais

Com o projeto pronto e o modo de jogo preparado para a celebração de Ano Novo Lunar deste ano e além, Liaw está animado para que os jogadores vejam logo a confusão que é o modo Caçador de Recompensas e as experiencias que ele oferece. “É uma partida de Combate até a Morte todos contra todos, mas com um objetivo claro para todo mundo”, explica. “Ele dá uma meta e é uma maneira fácil de os jogadores encontrarem outros para enfrentar. Além do mais, as chances de conseguir uma virada são bem altas. Os jogadores recebem três vezes mais pontos por abater o alvo ou realizar abates como o alvo. Como quem vira o alvo ganha uma carga da suprema, você sempre estará só a algumas eliminações do topo.”

Experimentar uma nova contenda e precisar se adaptar imediatamente a um conjunto novo de regras e limitações pode ser assustador, mas felizmente Liaw tem algumas dicas para quem quer garantir uma boa sequência de abates.

Primeira: você recebe pontos por eliminar outros jogadores, mesmo que eles não sejam o alvo. “Matar outros jogadores que estão caçando o alvo pode ser útil”, explica. “Não vale muitos pontos, mas provavelmente eles não estarão focados em você e serão presas fáceis. O alvo pode ser visto através das paredes. Se você quer brigar, vá até ele, provavelmente vai encontrar alguém pelo caminho.”

Segunda: lembre-se de usar as vantagens que recebe quando se torna o novo alvo da caça. Você recebe uma cura completa instantânea quando realiza o abate do alvo e uma carga da habilidade suprema. “Pode valer a pena tentar esperar até o último segundo para eliminar o alvo. Se tudo certo, você provavelmente vai conquistar mais eliminações ou sair do aperto.”

Com essas dicas, Liaw espera que os jogadores embarquem primeira de várias caçadas em busca de recompensas e se divirtam no caos da nova contenda.


Até 25 de fevereiro, você poderá entrar na refrega e celebrar o retorno do Ano Novo Lunar de Overwatch com novos itens cosméticos temáticos, recompensas semanais e uma nova contenda: Caçador de Recompensas!

Próximo artigo

Destaques