Warcraft III: Reforged

Encontrando a diversão: jogos de estratégia em tempo real para principiantes

Encontrando a diversão: jogos de estratégia em tempo real para principiantes

Continue criando coisas e tente não morrer.

Pode parecer resumido demais, mas talvez não seja. Apesar da reputação um tanto intimidadora, os jogos de estratégia em tempo real (RTS) são, no fundo, um conjunto de alguns conceitos simples (como continuar criando coisas e tentar não morrer) que, combinados com bastante ação, criam uma mistura surpreendentemente acessível.

A campanha de um jogador é um ótimo ponto de partida para começar a jogar RTS. Acompanhe uma história rica, no ritmo que for mais confortável para você (os níveis de dificuldade vão do Fácil ao Muito Difícil) antes de experimentar os modos competitivos, organizados por nível de habilidade, ou os modos cooperativos. A multiplicidade de maneiras de se jogar um RTS, incluindo os inúmeros conteúdos criados por usuários, permite que todos vivam a fantasia de explorar terras distantes e enevoadas, construir vastas bases com tecnologias sobrenaturais e comandar exércitos fantásticos de jeitos únicos. Embora o gênero tenha sua reputação, sentar para jogar um RTS não é o mesmo que começar um treinamento de e-Sports. Na verdade, é como embarcar em uma expedição por um ambiente digital aberto, cheio de desafios que exigem criatividade e capacidade de tomada de decisões, em todos os níveis de experiência.

Se já quer começar, este é um ótimo momento para o primeiro passo da sua jornada no RTS, pois o Warcraft III: Reforged Beta já está disponível para jogadores que adquiriram o ingresso virtual da BlizzCon ou o jogo em compra antecipada. Para ajudar na sua jornada, reunimos algumas dicas que você poderá levar para sua próxima aventura de RTS, em qualquer título, facção ou modo que escolher.


Primeiro, vamos aprender alguns controles básicos de RTS. Esta parte pode ser chata, mas é importante.

Controles

placeholder.jpg

  • Seleção e movimento
    • Clique em uma unidade ou estrutura para visualizar os comandos e atributos disponíveis. Depois de selecionar a unidade, você pode emitir ordens de movimento, clicando com o botão direito, ou comandos, clicando nos botões do painel de comando (na parte inferior da tela) ou pressionando as teclas de atalho correspondentes.
    • Para selecionar várias unidades ao mesmo tempo, clique e arraste o cursor do mouse sobre elas, formando um retângulo ("seleção por caixa"). Com várias unidades selecionadas, você pode emitir comandos para todas ao mesmo tempo. Você também pode pressionar Tab para alternar entre os painéis de comando de cada unidade.
  • Grupos de controle
    • Depois de selecionar múltiplas unidades ou estruturas, você pode transformar a seleção em um "grupo de controle". Mantenha a tecla Control pressionada e digite um número de sua escolha no teclado. Com isso, você poderá selecionar o grupo inteiro rapidamente ao pressionar esse número. Por exemplo: no Warcraft III, você pode colocar todos os seus ancientes da guerra (que produzem unidades noctiélficas de longo alcance) em um grupo de controle selecionando-os e pressionando Control + 5. Depois, você pode simplesmente pressionar 5 para criar mais arqueiras, sem tirar os olhos da luta.
  • Teclas de atalho
    • Aprender as teclas de atalho será muito útil se você quiser aprimorar suas habilidades e eficiência de RTS, mas não é fundamental no começo. Tente se familiarizar com as teclas de atalho padrão e com as teclas mais usadas. E não tenha medo de redefinir os atalhos como preferir.

Quando já estiver conseguindo controlar as unidades e emitir comandos, você precisará entender alguns conceitos e estratégias básicos dos jogos de RTS. Vamos falar de:

Economia

placeholder.jpg

No começo de toda partida, é preciso ordenar que alguns trabalhadores (unidades que não entram em combate, usadas para coleta e construção) saiam para coletar recursos nas imediações. Depois, você começará a criar mais trabalhadores, que gerarão mais recursos e permitirão que você invista em estruturas avançadas, crie mais bases e reúna um exército poderoso.

Se você sempre tiver trabalhadores suficientes gerando recursos enquanto aumenta seu exército e sua base, poderá criar, manter e recuperar unidades e estruturas conforme necessário. Isso é o que chamamos de "boa economia". É um dos fatores mais importantes, mas menos lembrados, na hora de tentar a vitória na maioria das partidas de RTS.


Construção de bases

placeholder.jpg

Criar uma base com estruturas únicas é um dos aspectos mais gratificantes dos jogos de RTS, mas é importante lembrar por que você quer construir uma estrutura antes de investir nela.

Estruturas diferentes têm custos, finalidades e tempos de construção diferentes. As estruturas da base podem produzir trabalhadores, coletar recursos, gerar unidades de exército ou dar acesso a aprimoramentos para outros tipos de unidades. Você não precisa construir todas as estruturas disponíveis em toda partida. Na verdade, uma ótima estratégia inicial é concentrar-se em poucas estruturas geradoras de unidades. Assim, você entende os fundamentos do jogo e atinge o objetivo de aniquilar o inimigo.

Outro conceito importante de aprender é "expansão". Expandir, em um RTS, significa criar novas bases ou postos avançados fora da sua área de domínio inicial. Os recursos ao redor da sua base inicial são finitos, então é preciso expandir seu domínio para alimentar seus esforços de guerra nas partidas mais longas. Isso também traz benefícios como mais visão do campo e mais espaço disponível para construir estruturas e unidades do exército.


Criação e controle do exército

placeholder.jpg

Construir uma base gigantesca é superlegal, mas a única forma de vencer uma partida é acabar com os inimigos. Para fazer isso, você precisa de um exército.

Há diferenças significativas entre as unidades de cada jogo e facção, mas alguns conceitos e estratégias são universais.

  • A estratégia de "criar um monte de coisa"
    • Escolher uma unidade versátil e de baixo custo (como arqueiras, soldados, carniçais, etc.) e reproduzi-la aos montes é uma estratégia totalmente legítima, mas só é eficaz no início da partida. Crie um exército de tamanho razoável e ataque o adversário antes que ele possa aplicar estratégias mais técnicas e caras.
  • Investir em tecnologia
    • Investir em tecnologia significa gerar unidades, aprimoramentos ou estruturas que não afetam a partida imediatamente, mas desbloqueiam unidades mais avançadas, dando mais opções ao jogador ao longo da partida. Investir em tecnologia costuma ser a melhor estratégia para partidas longas, pois dá acesso a unidades mais versáteis e eficientes. Mas essa estratégia deixa o jogador vulnerável a ataques mais agressivos. Então, a menos que você saiba exatamente o que o inimigo pretende fazer, invista em algumas tropas defensivas antes de investir em tecnologia.
  • Um exército equilibrado
    • Criar um exército gigantesco pode ser divertido, mas nem sempre é a melhor estratégia de jogo. Tanto StarCraft como Warcraft limitam o número de unidades que você pode posicionar em campo através da mecânica de capacidade de comida e suprimentos. Ter unidades de combate em excesso pode prejudicar sua economia, impedindo que você crie mais trabalhadores ou obrigando você a investir em estruturas ou unidades que aumentem sua capacidade de comida e suprimentos. Equilíbrio é fundamental.
  • Ataque e defesa
    • A melhor defesa é um bom ataque. Fazer investimentos pesados em unidades e estruturas defensivas aumenta sua proteção contra ataques, mas, para vencer, você precisa avançar e destruir a base inimiga. Por exemplo: se estiver jogando com os orcs em Warcraft III, você pode cercar sua base com torres de vigia, mas isso custa caro e limita sua produção de unidades ofensivas. Eventualmente, o adversário conseguiria superar você com um exército ou uma economia melhor.
  • Saber lutar
    • Embora ainda haja muita coisa para dizer sobre os complexos detalhes dos combates de RTS, reunimos algumas regras básicas para você lembrar quando seu exército estiver em apuros:
      • Não deixe o inimigo cercar você!
        • Lutar em uma área aberta pode resultar em muitas perdas para seu exército, pois não há como fugir. Use o terreno a seu favor para criar gargalos.
      • Divida suas unidades, se possível.
        • Se você criar pequenos grupos de unidades de combate, em vez de um grupo enorme, seu exército ficará menos vulnerável às habilidades de AdE (área de efeito).
      • Corpo a corpo na frente, longo alcance na retaguarda.
        • Antes de enviar tropas para a batalha, posicione suas robustas unidades corpo a corpo à frente, para que ataquem o inimigo antes e recebam o dano mais pesado.
      • Destrua os meios de produção.
        • Se você chegar à base inimiga (parabéns!), priorize a eliminação das estruturas que produzem unidades, em vez de estruturas de defesa ou aprimoramento. Isso fará com que o inimigo leve mais tempo para recuperar o exército e contra-atacar.

Reconhecimento e atenção ao mapa

placeholder.jpg

Mesmo que lenha, gás, ouro e minerais sejam recursos importantes no RTS, nada é mais valioso do que a informação.

Depois de estabelecer sua economia e iniciar a construção da base, é uma boa ideia explorar a área para obter informações sobre o inimigo. Enviar uma unidade de baixo custo para andar pelo mapa no início do jogo pode render informações valiosas sobre a localização, a estratégia e a economia do inimigo. Use essas informações para preparar uma defesa adequada, construir as unidades de interrupção ideais ou atacar seu adversário se ele parecer vulnerável.

Além de enviar unidades de reconhecimento, posicione unidades ou estruturas de baixo custo em locais estratégicos do mapa para monitorar os movimentos do inimigo. Tente ficar de olho no minimapa para detectar esses movimentos e se preparar adequadamente.


Com esse curso intensivo de fundamentos do RTS, você já tem as ferramentas para dominar o Setor Koprulu, expurgar Stratholme ou simplesmente se divertir em partidas amistosas personalizadas. Boa sorte!

Próximo artigo
World of Warcraft
2d

Prévia de Shadowlands: Ardena e o Pacto dos Feérios Noturnos

Um pós-vida pintado com as cores do crepúsculo para aqueles que são muito próximos da natureza, Ardena é uma terra de renovação aos cuidados dos feérios noturnos. Dentro dessa floresta eterna, árvores oníricas gigantescas absorvem ânima para alimentar os espíritos da natureza que aguardam a hora do renascimento.