Overwatch

Parece que viu um fantasma: entrevista com o artista da comunidade NIRA

Parece que viu um fantasma: entrevista com o artista da comunidade NIRA

Para Gabriel Reyes, foi uma longa queda da Overwatch para a Talon. O caminho de Soldado 24 da Overwatch a Reaper da Talon foi repleto de escuridão, desespero e mentiras. Para contar essa história, a equipe de Overwatch colaborou com o artista da comunidade NIRA para criar sprays de arrepiar para o jogo.

NIRA conversou com a gente sobre a experiência de trabalhar com a equipe de Overwatch no Desafio Código da Violência do Reaper!


Que tal falar um pouco de você?

Eu sou um ilustrador do Japão e assino como NIRA. Eu crio personagens originais e faço fanart dos meus favoritos.
 

O que mais motiva você a criar arte?

Minha inspiração muitas vezes vem de filmes, jogos e dos trabalhos incríveis de outros artistas que vejo nas redes sociais. Disso tudo, os jogos são o que mais influenciam o meu trabalho.
 

Você joga? Qual é a sua parte favorita de criar fanart para jogos? 

Eu sempre adorei videogame! Quando gosto do mundo, ou do conceito, jogo qualquer coisa, seja do gênero que for.

Nas minhas fanarts, eu desenho cenas de impacto dos jogos. Meu intuito é sempre representar essas cenas do meu jeito único.
 

O que atraiu você para Overwatch?

Eu adoro Overwatch, jogo sempre!

O que eu mais gosto nele é que não é impossível virar uma situação desvantajosa se a equipe conseguir trabalhar em conjunto. Uma suprema na hora certa ou uma escolha de herói bem pensada pode mudar totalmente o panorama.

Sem falar que eu era péssimo em jogo de tiro, mas em Overwatch não me sinto tão mal por isso. Também gosto do fato de que matar não é a única forma de ajudar a equipe.
 

Quais são suas funções ou heróis favoritos em Overwatch?

Minha função principal é suporte, e eu costumo jogar com Moira, Ana e Lúcio! Quando não estou de suporte, gosto de jogar com Cassidy e Sombra.

Eu gosto de todos os heróis, mas o meu favorito é o Reaper. Isso tem uma razão muito simples: gosto do estilo de combate e do design dele. A força da suprema dele também combina bem com a caracterização, além de ter um fascínio.
 

Como foi para você receber uma ligação da equipe de Overwatch para essa colaboração?

A primeira coisa que eu senti, e a mais importante, claro, foi muita alegria.

Ao mesmo tempo, eu não acreditava que uma ilustração minha iria aparecer em um jogo que eu acompanho desde o dia do lançamento.

OW_2022_ReaperCodeOfViolenceChallenge_SprayArtistBlog_JP_InArticle_1080x1920.png

Qual era a sua opinião sobre o Reaper antes e depois de fazer a arte do spray?

Não foi uma mudança muito drástica em relação à ideia que eu tinha na cabeça, que era baseada nas animações e nas HQs.

Só que, fazendo a arte, foi a primeira vez que vi a história de como e por que o Reaper entrou para a Talon. Eu descobri que o Gabriel Reyes é uma pessoa sensível, com muitos conflitos internos. Acho que quem leu o livro vai gostar ainda mais do spray.
 

Houve algum momento marcante na experiência de trabalhar com a equipe de Overwatch que você queira dividir com a gente? 

A arte do spray tinha que ser simples e fácil de entender, mas eu sempre acabava desenhando detalhes demais durante o processo de criação. Porém, com os conselhos da equipe de desenvolvimento, consegui acertar o tom do projeto sem deixar usar meu próprio gosto. Com isso, acho que o resultado ficou muito bom.
 

Qual spray você mais gostou de criar e por quê?

O spray com o Reaper e a Sombra que se chama “Morte e Farsa” é o meu favorito. Tentei fazer de um jeito que ficasse estiloso e, ao mesmo tempo, tivesse algo de cômico. Acho que consegui expressar bem a relação dos dois.

Death and Deceit.PNG

Gostaria de dizer algo aos jogadores de Overwatch?

Esta série de sprays conta a história, o passado do Reaper. O que eu mais quero é que todo mundo tenha os sprays na coleção e use sempre que possível!


Obrigado, NIRA. Foi um prazer trabalhar com você. Sua arte é arrepiante e, ao mesmo tempo, inspiradora!

Desbloqueie os seis sprays criados por NIRA assistindo a qualquer streamer jogar Overwatch na Twitch até 8 de março. Para receber Twitch Drops, não deixe de vincular sua conta Battle.net à da Twitch.  Cumpra o Desafio Código da Violência do Reaper para ganhar ícones de jogador, sprays e o visual lendário Ocaso. Não perca o novo conto de Overwatch, “Código da Violência”, de Brandon Easton, para saber mais sobre a jornada do Reaper.

Próximo artigo

Destaques