Overwatch

Conheça o artista conceitual por trás da Ashe Chapeuzinho Vermelho

Conheça o artista conceitual por trás da Ashe Chapeuzinho Vermelho

O artista conceitual de Overwatch Qiu Fang tem uma queda por criar personagens ousados, prontos para a ação. Quatro anos atrás, quando era um estudante de arte com aspirações de se tornar artista conceitual de personagens, Fang deu início a um projeto pessoal, criando um grupo de caçadores nômades maltrapilhos. Suas criações mostravam um controle minucioso de uma paleta de cores acinzentada, linhas precisas e pequenos detalhes na forma de equipamentos e tecnologias improvisadas que sugeriam a existência de um mundo além das figuras.

Fang tinha orgulho do seu trabalho, mas não esperava o que aconteceu logo depois: a equipe de Overwatch descobriu o projeto dele e o recrutou.

"Tudo na criação de Qiu parecia ter um propósito, uma função", afirma o artista conceitual David Kang, que esbarrou no trabalho de Fang no site de portfólios ArtStation. "Eu adorei o fato de ele ter experiência não só com fantasia, mas também com tecnologia mecânica funcional".

Depois de uma série de entrevistas em que se saiu muito bem, Fang abandonou o curso e entrou na Blizzard. Agora ele usa seus poderes artísticos para dar vida todos os dias ao mundo de Overwatch. Nós conversamos com o Fang sobre uma das criações recentes dele, a Ashe Chapeuzinho Vermelho, um visual baseado em um conto de fadas para o evento do Aniversário de Overwatch.

 

Oi, Qiu! Você pode nos contar a história por trás da Ashe Chapeuzinho Vermelho?

Eu sonhava com ela desde que começamos a pensar nos visuais para a Ashe. Na minha cabeça, essa é uma versão durona da Chapeuzinho Vermelho, que, depois de acabar com a raça do lobo, se tornou fora da lei. Um misto de ousada e bacana, a Ashe é perfeita para o papel.

Por que a Chapeuzinho Vermelho? Que parte do conto de fadas chamou sua atenção?

Quando vi a Ashe pela primeira vez, senti que ela tinha uma pegada de caçadora pistoleira. Aí, o tema da Chapeuzinho Vermelho e do Lobo Mau evoluiu naturalmente disso.

Meu objetivo com o design de personagens é desenvolver um senso de história e criação de mundo. Os visuais são um desafio divertido, pois você está lidando com um personagem existente, com uma personalidade definida. É divertido imaginar esses heróis levando outra vida em um universo alternativo.

Você pode falar dos desafios que enfrentou ao criar esse visual em particular?

Esse visual teve dois desafios principais: encontrar suportes visuais interessantes na roupa e decidir por que ângulo desenvolver o Lobo Mau. Eu queria contar uma história. Um dos dentes arrancados do Lobo Mau pode ser visto em uma pulseira da Ashe... e ele não teve tempo de tirar o disfarce de Vovozinha.

Outro desafio foi pôr a Ashe de capuz vermelho e vestido branco sem ficar parecendo uma fantasia tosca. Eu optei por um visual mais detonado, meio esfarrapado, cheio de rasgos e cicatrizes e com um corselete de couro para proteção. Imaginei-a vivendo e caçando na floresta por muitos anos. Isso ajudou a relacionar a atitude feroz da personagem e um vestidinho branco inocente.

Para o Bob, atingir o equilíbrio entre vovozinha e lobo robô era fundamental. Eu nunca esperei um dia fazer tanta pesquisa sobre camisolas e touquinhas de vovó...

No geral, você diria que gostou de trabalhar nesse visual?

Enquanto trabalhava nele, eu estava sempre dando risadas. Foi divertidíssimo!

///

Quer vestir a sua Ashe com a atitude feroz da floresta? A Ashe Chapeuzinho Vermelho, além de vários outros visuais do Aniversário de Overwatch, estarão disponíveis para desbloqueio até 9 de junho de 2020. 

Próximo artigo

Destaques