Overwatch

A 4ª e última Fase da Overwatch League se aproxima!

A 4ª e última Fase da Overwatch League se aproxima!

Conversamos com nossa equipe de talentos para revisar o que rolou na Fase 3 e o que podemos esperar das novidades para a Fase 4. Veja o que descobrimos:

Destaques da Fase 3

Na opinião de Petar Neto, uma das grandes vozes da Overwatch League e Contenders brasileiras, “a Fase 3 da Overwatch League 2019 pode ser considerada a das reviravoltas e renascimentos! Não atoa, equipes como Shanghai Dragons e Los Angeles Valiant que vinham de Fase 1 e 2 buscando um “lugar ao sol”, o conseguiram. O time chinês cresceu de produção do início do ano para cá e não mais pode ser rotulado de “fraco”. É preciso respeitar o dragão de Shanghai. O jogador Diem foi um dos grandes responsáveis pela performance da equipe que culminou no título da terceira fase da liga. Já em Los Angeles, as esperanças estão renovadas depois de péssimo inicio de ano: a chegada de Kariv ajudou o time a melhorar com sua performance de Ana fantástica, entrando para a história na primeira derrota da Vancouver Titans em fase regular”.

“Outro destaque foi a Hangzhou Spark que, mesmo em um meta repleto de DPSs, encontrou sucesso utilizando majoritariamente composições de 3/3 e suas variações, enquanto outras equipes como Shock e Titans, gigantes do meta de 3/3, estavam mostrando muita dificuldade em fazer o mesmo. Adora, com sua Brigitte, foi o grande homem da retaguarda da Spark, seja na sua marcação contra Sombras adversárias ou preparação contra linhas de frente inimigas.”, opina Guilherme “Demo” Ono, adição recente à Liga, mas veterano dos esports.

Revelações da Fase 3

“Além das "revelações" de Diem na Widowmaker e DDing na Pharah, dois monstros sagrados essenciais à vitória da Dragons, quem mostrou a que veio foram as contratações ocidentais da Defiant e da Valiant.

Em Toronto, Gods, Mangachu, Sharyk e Logix chegaram bem e começaram a instaurar um pouco mais de brilho individual no opaco elenco majoritariamente coreano que a equipe possuia. Além disso, o time verde de Los Angeles alcançou um novo patamar ao apostar em, digamos, refugos da Mayhem: FCTFCTN, McGravy e Shax, que chegaram no fim da Fase 2 e foram uma evolução expressiva ao time.” explica Felipe “Tonello”, enciclopédia do Overwatch brasileiro.

“Aliás, falando em Mayhem, a equipe poderia estar listada aqui graças aos seus vários reforços recém-contratados. Porém, não vimos a maioria deles em jogo, e os que sentiram o cheirinho do palco ainda precisam se provar para termos uma noção real da melhoria no time como um todo.”, completa Arthur “Vecet” Rage, a voz mais poderosa do Overwatch nacional.

O que esperar da Fase 4?

“Com as últimas notícias, muitos já podem estar sentindo aquela saudade de composições sem DPS, com três DPS, quatro tanques ou até mesmo sem tanque algum! Porém, para a alegria de muitos jogadores, o lock 2-2-2 chega com tudo, trazendo não só uma maior semelhança entre o jogo casual e competitivo, mas também maior facilidade para balanceamento de heróis e maior longevidade para jogadores. Também não precisaremos mais acompanhar ídolos jogando de Zarya ou Brigitte, ou pior, estando no banco o tempo todo!

Tudo pode mudar. Times que não alcançaram bons resultados nas primeiras fases podem surpreender e voltar por cima. Este é o caso de Paris Eternal e London Spitfire, equipes que no momento amargam posições neutras na tabela e podem ser considerados as zebras. Porém, a liberdade de Soon e Shadowburn pela Eternal poderá permitir que a equipe mostre sua verdadeira força, ao mesmo tempo em que Profit e Birdring, pela Spitfire, poderão fazer com que a equipe volte a ser o monstro que venceu a Overwatch League em 2018.”, prevê Ana “Xisdê” Cardoso, a rainha das estatísticas da Liga. Thauê “Neves”, diretamente das Arenas de World of Warcraft para os campos de Overwatch, tem mais previsões: “Outras equipes como Shanghai Dragons, Los Angeles Valiant e New York Excelsior irão se solidificar e voltar ainda mais fortes. A Shanghai com seus incríveis DPSs, a Los Angeles Valiant com a presença de Angilities e a New York Excelsior com a volta de Pine e Flower, ídolos que tiveram pouco tempo para mostrar seu brilho até o momento e agora poderão ofuscar os olhos de muitos enquanto carregam o time de volta ao topo.”

O que nossos caloroso e fiéis espectadores esperam para esta Fase 4? Não deixe de contar pra gente nas redes sociais da Blizzard Esports Brasil no Facebook e no Twitter utilizando a hashtag oficial do torneio: #owl2019. Não se esqueça que a Fase 4 retorna nesta quinta-feira, 25 de julho, 20:00h, horário de Brasília. Nos vemos lá!

Próximo artigo
World of Warcraft
5d

WoW Classic: Chefes Mundiais e Sistema de Honra JxJ já disponíveis

Prepare-se para pôr suas habilidades à prova no WoW Classic. O sistema de honra JxJ e os chefes mundiais de raide Lorde Kazzak e Azuregos já estão disponíveis!