Overwatch

Copa Mundial de Overwatch: prévia das quartas de final

Copa Mundial de Overwatch: prévia das quartas de final

De Incheon a Los Angeles, de Bangkok a Paris, a Copa Mundial de Overwatch foi chegando perto da emocionante conclusão. Neste fim de semana na BlizzCon, as oito equipes classificadas nos quatro grupos da fase anterior se enfrentarão por uma chance de levar a medalha de ouro para casa.

Será que a Coreia do Sul conseguirá manter o título pelo segundo ano consecutivo? Ela enfrentará um páreo duro contra as outras primeiras colocadas: China, França e EUA. E não podemos esquecer das segundas colocadas, Austrália, Finlândia, Canadá e Reino Unido, que adorariam surpreender.

Prepare-se para todas as emoções da BlizzCon com o nosso guia abaixo, que traz horários das partidas, elencos atualizados, confrontos e mais!

O que você precisa saber

  • Quando: Programação e horários dos confrontos:
    • Sexta-feira, 2 de novembro
      • 16h15 - 18h15 (Brasília) – 1ª quarta de final: Estados Unidos x Reino Unido
      • 18h15 - 20h15 (Brasília) – 2ª quarta de final: França x Canadá
      • 20h15 - 22h15 (Brasília) – 3ª quarta de final: China x Finlândia
      • 22h15 - 00h15 (Brasília) – 4ª quarta de final: Coreia do Sul x Austrália
    • Sábado, 3 de novembro
      • 13h30 - 15h30 (Brasília) - 1ª semifinal
      • 15h30 - 17h30 (Brasília) - 2ª semifinal
      • 17h30 - 19h30 (Brasília) - Disputa da medalha de bronze
      • 19h45 - 22h30 (Brasília) - Disputa da medalha de ouro
  • Onde: Anaheim Convention Center, Anaheim – Califórnia
  • Transmissões ao vivo:
  • TV: Confira sua programação local para assistir transmissões selecionadas pela ESPN 3 e pela Disney XD.
  • Atualização: 1.29
  • Formato dos confrontos: Os confrontos de quartas de final, semifinal e medalha de bronze usarão um formato de melhor de cinco. A Grande Final será uma disputa de melhor de sete.
  • Seleção de mapas: Todos! Cada confronto começará em um mapa de controle predeterminado: Nepal, Torre Lijiang, Ilios, Oásis ou Busan. A partir do segundo mapa, a equipe que perdeu o anterior escolherá o próximo entre um dos seguintes tipos:
    • Segundo mapa: Híbrido
    • Terceiro mapa: Ataque
    • Quarto mapa: Escolta
    • Quinto mapa (desempate): Controle, mas precisa ser diferente do primeiro mapa

Seleções nacionais

Estados Unidos

  • Indy “SPACE” Halpern (Los Angeles Valiant)
  • Shane “Rawkus” Flaherty (Houston Outlaws)
  • Jay “sinatraa” Won (San Francisco Shock)
  • Austin “Muma” Wilmot (Houston Outlaws)
  • Zachary “ZachaREEE” Lombardo (Contenders AN: Fusion University)
  • Grant “moth” Espe (San Francisco Shock)
  • João Pedro “Hydration” Goes Telles (Los Angeles Gladiators)

Reino Unido

  • Cameron “Fusions” Bosworth (Contenders EU: British Hurricane)
  • Eoghan “Smex” O’Neill (Contenders AN: NRG Esports)
  • Isaac “Boombox” Charles (Philadelphia Fusion)
  • Harrison “Kruise” Pond (Contenders AN: Toronto Esports)
  • Michael “MikeyA” Adams (Contenders EU: British Hurricane)
  • Finley “Kyb” Adisi (Contenders EU: British Hurricane)
  • Kai “KSP” Collins

A primeira quarta de final da BlizzCon deve ser um confronto de grandes emoções. A seleção dos EUA varreu o grupo de Los Angeles com um estilo de jogo hiperagressivo e flexível que não deu folga aos oponentes, e caberá aos britânicos tentar deter esse avanço. A equipe do Reino Unido, que ficou atrás da França no grupo de Paris, fez uma grande mudança ao substituir o tanque principal Christopher "ChrisTFer" Graham por Fusions, que já deve ter sinergia com dois de seus colegas da British Hurricane. É uma tarefa difícil encarar a dupla de tanques americana formada por Muma e SPACE, uma das combinações mais fortes das oito equipes classificadas, mas o Reino Unido terá que achar um jeito de atravessar a linha de frente dos EUA se quiser surpreender.

França

  • Terence “SoOn” Tarlier (Los Angeles Valiant)
  • Benjamin “uNKOE” Chevasson (Dallas Fuel)
  • Dylan “aKm” Bignet (Dallas Fuel)
  • Gael “Poko” Gouzerch (Philadelphia Fusion)
  • Michael “winz” Bignet
  • Benjamin “BenBest” Dieulafait
  • Nicolas “NiCOgdh” Moret

Canadá

  • Lane “Surefour” Roberts (Los Angeles Gladiators)
  • Brady “Agilities” Girardi (Los Angeles Valiant)
  • Liam “Mangachu” Campbell (Contenders AN: XL2 Academy)
  • Christopher “Bani” Benell (Houston Outlaws)
  • Félix “xQc” Lengyel
  • William “Crimzo” Hernandez (Contenders AN: Team Envy)
  • Lucas “NotE” Meissner (Boston Uprising)

O confronto entre a vice-campeã do ano passado, o Canadá, e uma equipe francesa revitalizada deve ser um bom teste para dois países com algo a provar: o Canadá quer chegar de novo à disputa do ouro e vencer dessa vez, enquanto a França quer mostrar a sua força contra os melhores do mundo. Surefour e SoOn se enfrentaram com frequência na temporada inaugural da Liga Overwatch, representando a Gladiators e a Valiant, respectivamente. Se eles continuarem seu duelo de Widowmakers, essa batalha dentro da batalha pode definir o resultado do confronto inteiro. Embora tecnicamente o Canadá seja a equipe pior classificada, essa é uma das quartas de final mais difíceis de se prever. O trabalho em equipe e a forte combinação de dois trios da França levará o país à vitória ou o Canadá exibirá uma versão melhorada das suas apresentações no grupo para manter o sonho vivo?

China

  • Shilong “Krystal” Cai (Contenders China: T1w Esports Club)
  • Qiulin “guxue” Xu (Contenders China: LGD Gaming)
  • Xianyao “Yveltal” Li (Contenders China: LinGan e-Sports)
  • Junjian “Sky” He
  • Tianbin “Lateyoung” Ma (Contenders China: Team CC)
  • Xing “leave” Huang
  • Yangjie “Shy” Zheng (Contenders China: LGD Gaming)

Finland

  • Joona “Fragi” Laine (Philadelphia Fusion)
  • Joonas “zappis” Alakurtti
  • Jonas “Shaz” Suovaara (Los Angeles Gladiators)
  • Benjamin “BigGoose” Isohanni (Los Angeles Gladiators)
  • Jiri “LiNkzr” Masalin (Houston Outlaws)
  • Timo “Taimou” Kettunen (Dallas Fuel)
  • Tuomo “Davin” Leppänen (Contenders EU: Team Gigantti)

Antes da Fase de Grupos da Copa Mundial de Overwatch, a China levantava muitas dúvidas, apesar dos talentos no elenco. Elas foram respondidas uma a uma graças a um jogo em equipe calculado e eficiente, que desgastava os adversários aos poucos. O tanque principal guxue é uma das estrelas em ascensão no torneio até agora, e a rotação de DPS da China provavelmente consegue se comparar aos de qualquer outra equipe entre as oito. A Finlândia, porém, é uma equipe segunda colocada excepcionalmente difícil: ela forçou a Coreia do Sul a jogar cinco mapas no grupo de Incheon, e o elenco está repleto de veteranos com firmeza mental, além da habilidade individual. No ano passado, problemas de visto impediram a China de trazer seus melhores para a BlizzCon, enquanto a Finlândia não conseguiu passar no seu grupo. A batalha de ambas por uma chance de redenção promete não apenas muita competição, como também entretenimento de sobra.

Coreia do Sul

  • Pan-Seung “Fate” Koo (Los Angeles Valiant)
  • Jun-Ho “FURY” Kim (London Spitfire)
  • Byung-Sun “FLETA” Kim (Seoul Dynasty)
  • Hae-Seong “Libero” Kim (New York Excelsior)
  • Seong-Hyun “JJoNak” Bang (New York Excelsior)
  • Tae-Sung “Anamo” Jung (New York Excelsior)
  • Jae-Hyeok “Carpe” Lee (Philadelphia Fusion)

Austrália

  • Ashley “Trill” Powell (Contenders Pacífico: Blank Esports)
  • Leyton “Punk” Gilchrist (Contenders Austrália: Dark Sided)
  • Huseyin “Hus” Sahin (Contenders Pacífico: Blank Esports)
  • Felix “Ckm” Murray (Contenders Pacífico: Blank Esports)
  • Dario “Akraken” Falcao-Rassokha (Contenders Austrália: Sydney Drop Bears)
  • Scott “Custa” Kennedy (Los Angeles Valiant)
  • James “Yuki” Stanton (Contenders Austrália: Dark Sided)

A Coreia do Sul ainda pode ser a favorita para ganhar o tricampeonato da Copa Mundial de Overwatch, mas o seu domínio não é tão grande ou evidente quanto em anos anteriores. Ela também fez várias substituições, mantendo apenas quatro dos sete jogadores que subiram ao palco em Incheon, mas a seleção de talentos é expansiva o bastante para que o desempenho não caia. Em especial, a entrada de FLETA ao lado de Libero e Carpe dá à Coreia ainda mais flexibilidade de DPS do que já tinha (se é que isso é possível). A ascensão da Austrália no complicado grupo de Bangkok foi uma surpresa agradável, mas esses azarões corajosos vão bater de frente com um muro nas quartas de final e podem precisar de algumas surpresas para tentar arrancar mapas da Coreia do Sul.

Equipe de comentaristas

  • Alex “Goldenboy” Mendez
  • Andrew “ZP” Rush
  • Brennon “Bren” Hook
  • Chris Puckett
  • Danny Lim
  • Emily Tang
  • Fiona Nova
  • Frankie Ward
  • Jake Lyon
  • Jonathan “Reinforce” Larsson
  • Josh “Sideshow” Wilkinson
  • Matt “Mr.X” Morello
  • Mica Burton
  • Mitch “Uber” Leslie
  • Soe Gschwind

Seja em pessoa na BlizzCon ou assistindo de casa, não deixe de acompanhar tudo em @owpathtopro e @OverwatchBrasil!

Próximo artigo
World of Warcraft
15h

Economize em World of Warcraft® e edições Digital Deluxe!

Celebre a chegada da mais recente atualização de conteúdo, Ascensão de Azshara, com preços promocionais nas edições World of Warcraft® Complete Collection, Battle for Azeroth™, e edições Digital Deluxe para múltiplas expansões.